segunda-feira, 12 de abril de 2010

Cabelo molhado no frio e remorso

Infelizmente, estou desempregada... Procuro estágio em tudo que é canto, mas acho que ninguém gosta de mim! Mas eu decidi que não vou mais reclamar porque não tenho estágio, resolvi que agora vou fazer coisas que não poderia fazer se tivesse um estágio, espero que assim o tempo passe rápido enquanto aguardo por uma oportunidade.

Hoje foi o dia de fazer máscara no cabelo! Com certeza não poderia fazer esse tipo de coisa se estivesse trabalhando... Fui eu, feliz, contente e alegre tomar banho! Tá frio, né? Tem que ter muito ânimo para tomar banho nessa temperatura. Estava no ápice da espuma do shampoo e percebo que a água estava ficando cada vez mais rala. Cadê a água quente? A torneira de água fria funcionava normalmente, só a de água quente não tava saindo água. Tirei o shampoo da cabeça com aquele jato de água fria, quase congelando! Na pia também não saía água quente... Então resolvi interfonar pro porteiro...

Por incrível que pareça, fui super simpática, mesmo com o cabelo molhado, enrolada na toalha e quase congelando, acredite se quiser! Até eu me espantei com a mansidão da minha voz. O que que aconteceu? "O zelador fui arrumar um negócio lá no quarto andar e desligou a água quente, mas vai ser rapidinho"... Ok! Esperei cinco minutos e nada da água quente voltar! "Quando morava em Santos e ia faltar água no prédio o porteiro interfonava pra todos os apartamentos e avisava que ia faltar água de tal hora a tal hora. E olha que no prédio de lá tem muito mais apartamentos pra interfonar do que aqui", pensei. Ele deveria ter interfonado, né?!? Assim, eu não precisaria ficar igual a uma tonta com o cabelo pingando e olhando pra parede esperando a água quente voltar!

Nesse momento a paciência foi embora e decidi: vou ligar pro porteiro e ser grossa com ele, onde já se viu?! Custava interfonar e avisar que ia faltar água quente? Esse é o trabalho dele, não?

E se tem uma coisa que eu sei fazer muito bem, além de brigadeiro de microondas, é ser grossa com as pessoas, pergunte pra quem quiser! Lá fui eu pegar o interfone e descer a lenha no porteiro! "Mas moça, vai voltar rapidinho, é que ele desligou o reZisto". Gente, acho que nunca dei uma bronca tão grande em alguém, eu realmente fui muito má com ele, disse que o mínimo que ele poderia fazer era avisar, que esse era o trabalho dele, e soltei muito mais coisas! E o coitado não sabia o que falar... apenas "É né"...

Desliguei o interfone na cara dele, fui pro banheiro, a água quente não tinha voltado e me desabei em chorar... Coitado do porteiro, não devia ter falado com ele daquele jeito, ninguém toma banho nessa hora do dia, eu fui muito grossa... Pois é, o remorso bateu na minha consciência e não havia o que me fizesse parar de chorar... Coisa mais ridícula essa! Brigar com alguém e depois começar a chorar, mesmo quando você tem razão na briga...

Meu namorado disse que eu estava certa e não era pra ficar com consciência pesada, mas não adiantou muito... O remorso ainda está na minha cabeça... Com que cara eu vou olhar pro porteiro agora?!

Bom, no final das contas não fiz máscara no cabelo e passei e tirei o condicionador no tanque mesmo...



O que eu penso nessas horas?
Se eu tivesse um estágio nada disso teria acontecido...

8 comentários:

Mayara Maluceli disse...

pobre........

Ricardo Chapola (CHAPS) disse...

Juuu!!!

Até que enfim vc postou!!! E, mais uma vez, o texto a personifica exatamente. Me impressiono com isso.

Vc tinha razão na briga, fique já sabendo. Ter remorso depois de discussão é coisa típica das mulheres. Mesmo coberta de TODAS as razões, as mulheres teimam que existe um "porém" que lhes tire a certeza.

Calma, Ju. O estágio é questão de tempo. Se você estagiasse, brigaria com seu namorado por stress. MUITO PIOR, né?

Bjaooo JUUUUU

. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roberto Mathias disse...

Pois é dondoca, coisas da vida né! Mas mulheres são mesmo assim, primeiro se descabelam toda,ficam agressivas, malcriadas.Só depois é que cai a ficha e choram. Queridinha se você tivesse esquentado um cadinho dágua, resolvia o problema, da próxima vez
use a cabeça pra outras coisas. Calma que o estágio logo virá.

Mammy Ju disse...

Oi filha!!!Serei sincera:
" Não faça ao outro o que vc não quer que façam com vc."

Carolina Melo disse...

Eu teria ligado e brigado TAMBÉM com o zelador. :)

Lilian disse...

Adorei sua postagem! Me vi em você! e olha que nem te conheço... eu teria brigado com o Zelador e chorado depois, e ..... além do mais, estou muito frustrada por não conseguir uma oportunidade para iniciação científica.... Bacana, vou vir aqui mais vezes! Veja bem, antes de ficar brava, tente resolver seu problema: esquentar água como o Roberto disse ou se enxugar, enrolar uma tolha no cabelo e vestir uma roupa quentinha ( afinal de contas, está sem estágio, pode então esperar, rs ) e então aguardar a água quente voltar ( quem sabe até comendo um brigadeiro de microondas ( me ensina?)...). Depois de estar quentinha, comer brigadeiro, retornar ao chuveiro, fazer sua hidratação nos cabelos e, por fim ficar quentinha de novo... Descesse até a portaria e registraria no livro de ocorrências o ocorrido, solicitando por escrito que o procedimento correto seja cumprido. Fim das contas: Cabelos sedosos, tempo para se acalmar comendo brigadeiro evitando brigar e depois chorar, nada de congelar neste frio, e ainda, resolvido o problema quanto ao procedimento correto quando se vai cortar a água quente! Bjo grande Juuuu, ( que é como eles te chamam....).

Rocio disse...

Olá, há produtos de cabelo bom. Eu uma vez por semana eu recebo um banho de creme, porque eu tenho cabelos secos e deseja atualizar. Eu espero que você começar o trabalho. beijos